Skip to main content

Erasmus+

EU programme for education, training, youth and sport
Search the guide

Esta página Web ainda não reflete o conteúdo do Guia do Programa Erasmus+ 2023.

No entanto, pode descarregar o guia completo para 2023 na língua que escolher em formato PDF clicando em «Download» à direita desta página.

O que é um projeto de mobilidade?

As organizações ativas nos domínios da educação, formação e juventude recebem apoio do Programa Erasmus+ para concretizarem projetos de promoção de diferentes tipos de mobilidade. Um projeto de mobilidade desenrola-se nas seguintes etapas:

  • Planeamento (incluindo a definição de resultados da aprendizagem, formatos de atividade, desenvolvimento do programa de trabalho, calendário de atividades);
  • Preparação (incluindo disposições práticas, seleção de participantes, celebração de acordos com parceiros e participantes, preparação linguística/intercultural/aprendizagem relacionada com as tarefas dos participantes antes da partida);
  • Execução das atividades de mobilidade;
  • Acompanhamento (incluindo a avaliação das atividades, a validação e o reconhecimento formal, quando aplicável, dos resultados da aprendizagem dos participantes durante a atividade, bem como a disseminação e utilização dos resultados do projeto).

O Programa Erasmus+ reforça o apoio disponibilizado aos participantes em atividades de mobilidade, melhorando as suas competências a nível de línguas estrangeiras antes e durante a sua permanência no estrangeiro, incluindo uma subvenção de apoio linguístico suplementar para os participantes na mobilidade de longa duração nos domínios do EFP e do ensino escolar. O serviço Apoio Linguístico em Linha (OLS) do Erasmus+ proporciona aos participantes em atividades de mobilidade a oportunidade de avaliarem os seus conhecimentos de duas línguas, bem como de frequentarem cursos de línguas em linha destinados a melhorar as suas competências.

Além disso, o Erasmus+ permite o desenvolvimento de atividades de mobilidade que envolvem organizações parceiras com uma experiência diferente e ativas em domínios ou setores socioeconómicos diferentes (por exemplo, estágios para estudantes universitários ou aprendentes de EFP em empresas, ONG, organismos públicos; cursos de desenvolvimento profissional para docentes em empresas ou centros de formação; aulas ou formações ministradas por especialistas empresariais em instituições de ensino superior, etc.).

Um terceiro elemento importante de inovação e qualidade das atividades de mobilidade consiste no facto de as organizações participantes no Erasmus+ terem a possibilidade de organizar atividades de mobilidade num quadro estratégico mais amplo e a médio prazo. Com uma única candidatura a subvenção, o coordenador de um projeto de mobilidade poderá organizar várias atividades de mobilidade, permitindo a ida de um grande número de indivíduos para diferentes países estrangeiros. Consequentemente, ao abrigo do Erasmus+, as organizações candidatas poderão conceber os respetivos projetos em conformidade com as necessidades dos participantes, mas também de acordo com os respetivos planos internos de internacionalização, reforço de capacidades e modernização.

Os sistemas de acreditação são importantes para assegurar um elevado impacto da ação-chave 1. A Carta Erasmus para o Ensino Superior, a acreditação Erasmus para consórcios de mobilidade do ensino superior e as acreditações Erasmus nos domínios do EFP, do ensino escolar, da educação de adultos e da juventude permitem que as organizações beneficiem da ação-chave 1 de forma contínua e, por conseguinte, se possam concentrar nos objetivos e no impacto institucional a longo prazo.

Dependendo do perfil dos participantes envolvidos, os seguintes tipos de projetos de mobilidade são apoiados ao abrigo da ação-chave 1 do Programa Erasmus+:

No domínio da Educação e da Formação:

  • projeto de mobilidade para estudantes e pessoal do ensino superior;
  • projeto de mobilidade para aprendentes e pessoal de EFP;
  • projeto de mobilidade para alunos e pessoal escolar;
  • projeto de mobilidade para aprendentes e pessoal da educação de adultos

No domínio da Juventude:

  • projetos de mobilidade para jovens – intercâmbios de jovens;
  • projetos de mobilidade para técnicos de juventude;
  • Atividades de participação juvenil
  • ação de inclusão DiscoverEU

As secções abaixo fornecem informações pormenorizadas acerca dos critérios e das condições aplicáveis a cada tipo de projeto de mobilidade.