Skip to main content

Erasmus+

EU programme for education, training, youth and sport

A resposta às suas perguntas

Seguidamente, respondemos a algumas das perguntas mais frequentes sobre o programa Erasmus+. Trata-se apenas de uma seleção. Consulte a secção Oportunidades ou contacte-nos através da secção Contacto, se não encontrar o que procura.

Percorra as perguntas para verificar se já existe uma resposta para a sua pergunta.

Procura informações sobre os efeitos do coronavírus nas atividades do programa Erasmus+ e do Corpo Europeu de Solidariedade? Consulte a página sobre os efeitos do coronavírus.

Perguntas frequentes

Os cidadãos de países não pertencentes à UE podem beneficiar da maioria das oportunidades disponíveis se tiverem a nacionalidade de um país do programa. Há também algumas oportunidades, como é o caso dos Mestrados Conjuntos Erasmus Mundus, em que podem participar cidadãos dos países parceiros. Consulte a secção Oportunidades para mais informações, uma vez que nem todas têm as mesmas condições de elegibilidade.

Podem participar no programa organizações da maioria dos países do mundo, incluindo a maioria dos países africanos. As condições para beneficiar de financiamento variam de oportunidade para oportunidade pelo que é aconselhável consultar a página relevante da secção Oportunidades e o Guia do Programa.

O processo de candidatura ao Erasmus+ é diferente para os participantes individuais e para as organizações, variando também consoante a entidade responsável pela gestão do financiamento, que tanto pode ser uma das agências nacionais ou a Agência de Execução relativa à Educação, ao Audiovisual e à Cultura. Para mais informações sobre os processos de candidatura, incluindo os modelos e os formulários de candidatura, consulte a secção Como se candidatar.

Use a Calculadora de distâncias. As distâncias são determinadas em linha reta.

Para informações sobre o Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos, consulte o sítio Educação e Formação.

Podem participar no programa organizações da maioria dos países do mundo, incluindo a maioria dos países africanos. As condições para beneficiar de financiamento variam de oportunidade para oportunidade pelo que é aconselhável consultar a página relevante da secção Oportunidades e o Guia do Programa.

Só existem agências nacionais nos países do programa. Nos restantes países pode haver um Gabinete Nacional Erasmus+. Se não for o caso e se é um participante individual, é melhor contactar a sua instituição ou organização de ensino, formação, juventude ou desporto. Se representa uma organização, pode contactar a Comissão Europeia através do serviço Europe Direct.

As organizações que desejem participar no programa Erasmus+ devem começar por se registar.

O procedimento de registo depende do organismo que gere a ação à qual deseja candidatar-se: a Agência de Execução relativa à Educação, ao Audiovisual e à Cultura (EACEA) ou uma agência nacional.

Para mais informações, consulte Registo das organizações.